Obrigado por tudo!

A referência em ensino, conquistada com todos os méritos, fez com que eu ingressasse no Colégio pH no 1o ano do ensino médio. Apesar do receio pelo ambiente novo e a distância dos amigos, o objetivo de passar no vestibular e ingressar em uma faculdade acabou falando mais alto. O foco, no começo, era simplesmente obter a melhor preparação possível para o vestibular, e alcançar minha meta.

Com o passar do tempo, o vínculo com a instituição foi sendo criado, formando novas amizades, que carrego comigo até os dias de hoje, e, inclusive com todo corpo de funcionários, da direção da unidade ao inspetor. Acredito que essa ligação acontece pela dedicação e comprometimento que existe com a missão de educar, por todos que vivem intensamente o pH. Essa conexão fez com que a escola se tornasse um ambiente prazeroso, com aulas diferentes, professores inspirados (até nos momentos de fazer as provas) e todo o apoio que precisamos no nosso dia a dia.

Ao final do ano mais esperado (3o ano do ensino médio), tinha chegado a hora de colocar em prática todo conhecimento adquirido durante esses três anos. Foi um ano de dificuldades, cheio de desafios, mas, ao mesmo tempo, com todo suporte que eu precisava. Tinha conseguido! O resultado que eu tanto almejei: Engenharia Química. Foram muitas comemorações e agradecimentos a todos que participaram, de alguma maneira, dessa grande jornada.

Apesar disso, algo me falava que esse vínculo não poderia terminar naquele momento e, foi com esse pensamento, que decidi fazer prova para ser monitor. Lá estava eu de novo! Depois de alguns meses, comecei a conhecer o pH por dentro, e iniciando um novo ciclo: o profissional (e meu primeiro). Estabelecemos uma nova relação, novos aprendizados e novos desafios. Galguei novas posições na monitoria, até que tive a oportunidade de fazer parte do time administrativo do colégio pH, por onde tive a chance de trabalhar durante mais de um ano.

Hoje, quase em meados de 2017, só tenho a agradecer por tudo que evolui, tanto profissional, quanto pessoalmente. Depois de toda essa jornada, posso afirmar, com certeza, que o pH tem um lugar especial guardado na minha vida.

Com carinho,
Pedro Miranda

X
conduta
conduta
conduta
conduta